28/10/2012

Vencedor do Concurso Seja o Novo!


 YATTAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!
 Sim! Parece mentira pra mim ainda, difícil de acreditar, mas eu sou o vencedor do concurso nacional de mangá realizado pela revista Ação Magazine!!! Uau! Por onde começar esse texto? Só sei que vou falar um monte. Leiam só se tiverem paciência. 
 Tentar descrever a sensação de conquista que estou sentindo é besteira. Tudo que posso dizer é que estou feliz demais com isso, mesmo. Só não chorei quando fiquei sabendo porque não acreditei. Aliás, duvidei até o último momento, quando vi uma foto do mangá nas páginas da revista, só aí pude ter certeza.
 Não é novidade pra quem acompanha minha trajetória que ter uma história publicada nas bancas é meu sonho desde que decidi fazer quadrinhos. Um sonho distante que começou desde que me lembro de existir. Entre as minhas primeiras memórias estão as de quando meu tio levava bloquinhos de anotação de presente (o melhor que eu podia receber na época) e eu desenhava bonequinhos do Chapolin que minha mãe ensinou a desenhar em histórias que não me lembro o que acontecia.

 Desde então eu sempre soube que queria isso. É o que chamamos de sonho, da forma mais simples mesmo. O mangá veio depois que já tinha desenhado muitas histórias de heróis junto com meu irmão (que pelo visto foram jogadas fora, pois não consigo achar). Dragon Ball foi o primeiro, em 2000 (quando eu tinha uns 9 anos) e acho que por volta de 2003-2004 já havia me tocado de que queria fazer aquilo. Não exatamente aquilo, mas sim transmitir meus sentimentos as pessoas daquela forma.
 Nessa época já comecei a criar várias histórias e personagens, treinava todo dia, porque nunca me considerei um cara com talento, e pra cobrir isso, só com trabalho duro mesmo. Por isso me identifiquei tanto com o Rock Lee ao ler Naruto. Eu esperava alcançar um "nível mínimo" de desenho para contar uma história, coisa que eu mesmo inventei pra mim.

 Em 2008, com 16 anos, eu acreditava que havia alcançado esse nível mínimo e fiz o Interhigh Fight!, movido por um concurso (mas não mandei). Hoje tenho até vontade de tirar ele da internet, mas faz parte do meu caminho e ainda acho ele "liveu". No mesmo ano, mas depois de fazer 17 vieram mais 2 one-shots curtos. Em 2009, após acabar o ensino médio e não passar no vestibular, passei por uns tempos realmente duros. Levei umas porradas de realidade, trabalhava o dia todo e chegava morto em casa. Esse ano não produzi um único mangá, apesar de ter desenhado bastante e refletido muito. Pensar em desistir eu nunca pensei, mas nessa época tinha medo de que um dia chegasse a desistir, ou que simplesmente continuaria da forma que eu estava.

 Felizmente, em 2010, após outra reprovação no vestibular, resolvi entrar na internet. Acho que essa demora foi boa pra mim, porque vejo tanto menino aí falando besteira na internet e se achando adultos com opinião formada que da até dó. Além disso, garotos fazendo qualquer esboço e postando em duzentas comunidades e grupos, preocupados mais em aparecer do que em produzir. Mas eu tinha material de 18 anos guardado, e comecei a colocar aqui no blog, de forma bem modesta. Encontrei o Desenhe e Publique e lá foi minha casa por muito tempo. Eu gostava muito e queria ajudar o site a crescer. Aconteceram alguns desentendimentos, mas sou grato pelo espaço que foi aberto para publicar meus trabalhos, apesar de tudo. Lá, o Interhigh, Trato Feito e Mondai ganharam belos votos positivos dos leitores, e levei muita pedrada também. Ali mesmo já fui me adaptando ao território hostil e a receber críticas de forma madura.


 Nessa época fiz o Blue Hair Brothers (aos 18), e apesar de desenhar bem melhor do que antes, já via com muito mais clareza como eu era fraco e quanto eu ainda tinha pra melhorar (consciência que acho que só tem aumentado). As pessoas que acompanhavam o independente começavam a me conhecer e eu fiz amizade com muita gente legal e que compartilhava o mesmo sonho que eu, como o Kaji, Bruno, Rafa, Gil, Kari, Iuri, Ruan, Mari e outros.
 Em 2010 com 19, trabalhando em período integral e estudando pro vestibular, fiz algumas páginas do Tools pro concurso internacional da editora Norma, que deu nisso. Agradeço os concursos furados que participei, pois me ajudaram a evoluir e a aprender a apanhar. E a melhor parte, peguei o projeto do Tools (ideia que tinha desde 2006) e levei pra frente. Hoje a série tem se consolidado na net e vai pro quinto capítulo.
 Agora a história já é recente. A história campeã, PRÉ - O Drama da Escolinha!, foi feita no fim de 2011. Foi difícil! Estava no fim do semestre, me esforçando pra passar em todas as matérias. Depois meu pai foi internado, passou o ano novo no hospital e isso me deixou sem vontade de continuar por um tempo. Apesar de tudo, consegui mandar, e mesmo depois de tanto tempo essa vitória continua com o mesmo valor pra mim.
 Fiquei receoso ao enviar esse trabalho. Fiquei com medo de acharem forçado, de olharem com preconceito ou mesmo de darem mais valor à arte ou ao roteiro. Aliás, outro motivo da minha felicidade é esse, uma pequena prova de que o "conjunto" que sempre acreditei que faz os quadrinhos é real. Eu sei que não ganharia um concurso de roteiro, muito menos um de ilustração. Mas foi um concurso de quadrinhos, e quadrinhos é a combinação de centenas de fatores que se complementam. Minha única chance no meio, diga-se de passagem.
 Com certeza muita gente vai achar que é besteira um texto desses pra uma coisa assim, pessoas que se acham maiores mesmo sem ter feito nada. Só espero que não venham me aborrecer. Não rola desvalorizar esse concurso por ele ter acontecido em todo território nacional, e principalmente por que troquei mangás com amigos, e achei os deles simplesmente demais. Desvalorizar o concurso é desvalorizar o trampo deles, e não aceito isso, principalmente de gente que não vai atras do que quer com desculpas bestas. Se tem um argumento melhor pra desmerecer, pode escrever nos comentários que eu respondo.

 Há os que acham que é besteira "desenhar de graça". Pra quem tem essa visão (que é certa na maioria das vezes) só vou tentar fazer com que me entendam uma vez. O que aconteceu aqui foi o seguinte: eu fiz uma HQ autoral, própria, do jeito que eu queria e ela está sendo publicada em todo o país. Eu faço isso todos os meses de graça com o Tools, a única diferença é o alcance e o reconhecimento.
 Acho que é isso. Eu batalhei, me esforcei, e consegui. Não caí de paraquedas nessa. Pode servir de motivação pra alguém, já que eu sou só um cara normal. Acredito que esse seja o último "primeiro passo" (depois de tantos, como a decisão, a criação do blog, o Interhigh, o Tools e outros), mas também não deixa de ser um primeiro passo. Espero que daqui pra frente as coisas sejam melhores, e que eu tenha mais força pra continuar nesse caminho.

 Por hora, estou feliz com a realização desse sonho. Quero agradecer muito a todo mundo que me apoiou e motivou até hoje. Pessoas que gostam e botam fé no meu trabalho desde sempre. A Deus por ter honrado meu esforço e me dar esse amor pela arte e desenho. Meu pai, que não deve ler isso (aliás, essa publicação é pra ele) por ter me mostrado quadrinhos desde que nasci. Minha mãe, meu irmão, minha família inteira e meus amigos e companheiros de sonho. Não preciso citar os nomes pois quem está na lista sabe que está. E claro, à Ação Magazine, o Lancaster e todos que escolheram a história.
 Comprem a Ação Magazine e leiam PRÉ! Minha primeira obra reconhecida e publicada! =). Breve nas bancas de todo o país e aqui também, pra quem não quiser esperar.


PS: Só pra completar minha felicidade, os segundo e terceiro lugares foram de 2 broderes meus. Caras que haviam trocado one-shots comigo, estão na luta a muito tempo e são QUADRINISTAS. Parabéns Ação, por julgar o conjunto.

26 comentários:

  1. parabens brow ... c merece

    ResponderExcluir
  2. merece cara, pelo esforço e dedicação como vc falou no texto. Parabéns demais

    ResponderExcluir
  3. Minha experiência com a intenet é nova agora, to podendo ver o q as pessoas acham do meu e acabo ganhando amigos, expero q,minha experiência evolua como você

    e q uma editora ou a propria editora fique interessada em suas obras e cresca profissionalmente.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. só tenho a dizer que tu é a pessoa que mais merece este primeiro passo. parabéns max!

    ResponderExcluir
  5. Cara, o que posso dizer é: Parabéns, você conseguiu.
    Nesse terreno hostil das publicações de internet, dos autores sonhadores e reprimidos por pessoas ignorantes, de tantos exemplos ruins e pensamentos burros, das criticas pesadas, de onde não se sabe onde tirar forças, você conseguiu. Você é a prova e o exemmplo de que "desenhar de graça", publicar em pequeno alcance é também uma escola, você falou não só pra mim, mas acho que pra todos, que você viveu isso e conseguiu, deu o "primeiro passo". Sonhos não serão mais sonhos, serão realidade.Parabéns novamente, você merece!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns kra! Especialmente a arte de Pré, ficou fantástica! E Rock Lee é para mim também exemplo destacável! Abraços...

    ResponderExcluir
  7. eitaaa entao era por isso mesmo o yataaa XD
    fiquei sabendo que tu ganhou pelo shion
    só agora vi o post
    parabens cara \o\

    ResponderExcluir
  8. parabens cara, muito dahora, vou comprar com 50% da expectativa em você!!

    ResponderExcluir
  9. Max, tu é um exemplo para todos nós!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, que esse seja apenas o primeiro passo para o sucesso.

    ResponderExcluir
  11. AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
    Parabéééééééééééééééééééééééns (de novo) Max!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    \o/\o/ \o/\o/

    Eu fico tão feliz disso ter acontecido. Você merece muito mais pelo tanto que você se esforça!
    E eu não lembrava que era o Pré que vc tinha mandadO! É tããããããããão bonitinho!

    :*

    ResponderExcluir
  12. ahhh... Eu também tinha visto a um tempão o "YAAAATTAAAAA" no msn, mas nem sabia porque era =P
    fiquei sabendo pelo Iuri que ficou sabendo pelo Shion XD

    você semeou em mim o sentimento da inveja Max ò.ó

    ResponderExcluir
  13. oooow isso aê Max, parabeizão mesmo =D !!

    ResponderExcluir
  14. meus parabéns Max, não consegui comprar as outras Ação's , mas essa vou me esforçar pra comprar

    ResponderExcluir
  15. Merecido. E eu nem li o oneshot ainda...

    ResponderExcluir
  16. Parabéns Max. admiro teu trabalho desde que Rafa Santos me apresentou o Tools Challenge. Eu apostava no Pet Cemitery, mas, desde o início Rafa me dizia que tu ganharia sem dúvida. eu duvidei e Rafa estava certo. Mas esse é apenas o começo de uma longa carreira. Não desista e apresente-nos cada vez mais obras interessantes como essas.

    ResponderExcluir
  17. Graaaaaaaande Max, vc merece tudo isso. Parabéééns

    ResponderExcluir
  18. Mandou bem! Isso não fo cagada foi resultado de muito trabalho cara! Vai longe, futuro novo artista da Ação Magazine( será????)hehehehe

    ResponderExcluir
  19. Suuuugooooooooooooooooooooi!!! Cara meus parabéns! Você merece! Espero que a minha Acao chege logo pra eu ler sua história!
    Cara também comecei lendo Dragon Ball em 2000 e eu também me identifiquei com o Rock Lee na epóca que Naruto virou moda XD

    É incrivel como evoluimos com o decorrer do tempo, você olha pra trás, pro que você fez, e olha pro presente de novo, e voce percebe o quanto você conseguiu mudar.

    Continue assim, te desejo muita sorte, sucesso, e parabéns!

    ResponderExcluir
  20. XD Que legal cara, ainda nao li suas obras(mais por preguissa) mas quem sabe um dia! Parabens!!

    ResponderExcluir
  21. Curto demais o Tool's Challenger na nanquim e fico muito feliz de saber que foi você que ganhou o concurso, meus parabéns e sucesso neste nosso caminho, lendo suas palavras me vejo em muitas linhas ali contidas agora tenho mais um espelho onde posso me refletir e quer saber não vou ler sua história no link, quero ler a publicada é a minha forma de honrar seu esforço e conquista...

    ResponderExcluir
  22. Parabens max , vi q vc ganho o concuroso de ação magazine la na anarchy , ainda n li seu trabalho mas eu soube q é muito legal
    Então n desista e continua trabalhando bem Max, um dos melhores mangaka br .

    ResponderExcluir
  23. Parabéns cara, acompanho o blog a algum tempo e pelo que leio tenho mais ou menos uma idéia do quão difícil foi pra vencer o concurso sem nem ter tempo pra desenhar,é de fato uma vitória espetacular! Sucesso e o próximo mangá seu que eu quero ver publicado é tools abç!

    ResponderExcluir
  24. Conheci seu blog agora atravez do chuva de nanquim, gostei do seu traço em Tools Challenge, vou pegar um tempo livre pra ler ele todo. Quanto ao "pré" parece bem divertido, esta arte que fez com os 2 meninos é tão simples mas me deixou com muita vontade de ler. Sucesso cara, continue assim!!

    ResponderExcluir